segunda-feira, 22 de março de 2010

Era uma vez...

Olá a todos e todas. Vou começar o segundo (com cara de primeiro) post dizendo que encontrei uma família. Ela me parece perfeita, 2 cute boys(1 e 3 aninhos) , uma linda e simpaaatica hostmom e um hostdad muito legal (gente, ele joga baseball, sooo american!!!). Tomara que continue sendo perfeita quando eu estiver por lá hihi. Eles moram em Waldorf, no estado de Maryland, a 20 minutos da capital,Washington DC. To supermegaultra ansiosa, meu voo ta marcado pro dia 18/04. Pra poder relatar minha experiência como programa au pair até aqui vou tentar me lembrar do processo que fiz até agora, adorava ler blogs das meninas que já estavam lá, então acho que posso talvez um dia ajudar alguém que quer tambem fazer o programa.
Vamos lá então, começando do... começo!

Decisão de ser au pair

Tudo começou na faculdade, onde ouvi falar do programa. Sempre quis morar um tempo fora do país, desde adolescente, mas os programas costumam ser muito caros. Quando fiquei sabendo desse, me animei. Uma ex-professora de inglês ( a Letícia) trabalhava em uma agência ligada ao programa de au pair e me contou sobre ele. Mesmo assim, ainda via a possibilidade de fazê-lo muuito distante, pois era necessário ter um inglês suficiente para se comunicar. Desanimei, adorava inglês mas tinha um extremo bloqueio em FALAR mesmo a língua, minha vida toda só aprendi a gramática, cursos e escola até mesmo na facu só escrevia escrevia, lia e tal,na maioria das vezes não tendo conversaçao. E tão ou mais importante do que escrever e ler em inglês é você ser capaz de se comunicar, até mesmo porque a família só vai te escolher mesmo depois que falar com você pelo fone. Tirar o visto então, sem comseguir se comunicar, difícil!. Então, durante a facu, comecei a dar importância à pratica mesmo. E consegui! Falei com a família pelo telefone de boa, consigo ter um bom diálogo em inglês. Acredito que o principal é não ter vergonha de tentar falar, o que é problema de muitos, praticar, tentar e praticar!
Então terminei a facu de Letras, e decidi que ser au pair era o que eu queria. Dediquei o ano de 2009 me preparando. Não tinha a CNH, tirei no final do ano passado, e então nada mais faltava. Tirei passaporte, comecei a me dedicar mais ao preenchimento do dossie.

Entrega do dossiê / on line
Preenchi o dossiê muito rápido, tipo.. fotocolagem, passar a capa a limpo.. fiz tudo no dia que entreguei pra Cleuza, a representante da cultural care aqui de CG. Uma semana depois eu estava on line. Recebi por e-mail meu login e senha, daí da pra acompanhar pelo site da cultural care se tem familia com meu dossie e outras informaçoes.

Primeira família

Depois de uma semana on, a primeira família pegou meu app. Eram de Nova york, 4 kids, ficaram alguns dias com meus papéis mas não entraram em contato comigo.

Segunda família

Depois de alguns dias uma nova família! 3 kids e 4º estava a caminho. O pai me ligou de surpresa um dia, eu estava trabalhando e minha mae atendeu. Como ela não fala uma palavra em inglês, não sabia oq dizer yeuheueh(ela me contando foi muito engraçado). Daé ele me mandou e-mail assim:
Culturalcare has matched us. I called this evening to talk with you.
Someone answered the phone speaking portugese, and I do not
understand. Please let me know if you are interested I'm exploring you
being our au pair, and I'll call again tomorrow.
Respondi que estava sim interessada (mesmo sendo 4 kids!!!). No dia seguinte ele me ligou, ficou UMA HORA me enchendo de perguntas. Eu tava super nervosa, nunca tinha falado em inglês por telefone, não sabia se conseguiria entende-lo e responder certo. GEEEEnteem , foi suuuper tranquilo! Foi melhor falar por telefone com ele, que fala inglês mesmo, vive lá, do que falar ao vivo com uma pessoa que fala inglês usando-a como segunda língua. Ele me perguntou várias coisas, sobre minha família, o que eu costumava fazer por aqui, etc. Enfim, desligamos. Uns dois dias depois, ele me ligou novamente. Eu queria muito falar com a mãe, então eu perguntei a ele sobre ela e ele me disse que ela era um pouco "agressive". NOOOSSA, deu MEDAA, sério! No final das contas, ele parou de ligar, e quando eu fui olhar na minha conta on-line da CC, já tinha outra família com meu app.

Terceira família

Tipo... foi tudo muito rápido. Vapt-vupt rs. Quando eu soube que a família anterior não estava mais com meu app, já apareceu o nome dessa nova família. E olha só, quando eu estava lendo sobre eles, me ligaram! Do nada! Essa sim, foi surprise, surprise! rs Foi suuuuper de boa, A mãe é uma fooofa, ela tava no viva-voz com o pai da familia. Me falaram oi e tal, foi rápido, o pai me perguntou se eu gostava de cozinhar, amãe me perguntou porque eu queria ser au pair, se eu gostaria de aprender a cultura deles, eu perguntei algumas coisas sobre os meninos (ainda nao tinha terminado de ler o perfil deles quando me ligaram, foi comédia rs)
Ela me mandou um e-mail com a foto da família e o schedule deles, e perguntou o que eu achava. Respondi dizendo que tinha achado os boys uns fofos, os hosts pareciam muito amigaveis, e tinha gostado do schedule. Na segunda ligação, fechamos. Foi mais ou menos assim:

Hostmom: BOm Josy, entao se nos gostamos de vc e vc gostou de nos, podemos fechar!
Eu (atônita): Entao... nos temos um match???
Os dois riram e disseram: Sim sim, temos um match
hehe fiquei super feliz, quando desliguei o fone corri e avisei mae, pai da noticia.
Adorei essa familia, dois boys (adoro cuidar deles, sao energeeticos), o lugar tb eu gostei (perto da capital washington dc) e eles sao taao tipicamente americanos (o pai joga baseball e a mae participa de uma organizaçao social, isso significa...: contato com muitas pessoas \o/ Tb gostei do fato da mae estar a frente da escolha da au pair, com o pai, ao contrario da damilia anterior, que nem consegui falar com mae.
Me perguntaram pra quando poderiam marcar minha ida, disse que pra um mes depois. E aqui estou eu, esperando meu dia V, que será no dia 30/03 em SP. Muuuuuuito ansiosa!!!!!!!!! Mas se Deus quiser, vai dar tudo certinho! Vou ter que ir um dia antes, pra poder pagar a taxa do citibank, que aqui em CG tb nao tem, e como minha entrevista sera as 7:30, terei que pegar o banco aberto um dia antes, oq eu significaaaa.. mais despesa! mas estou vendo tudo como um investimento, nao nadei ate aqui pra morrer na praia, né? rs

6 comentários:

  1. Uhuuu!Match!Que feliz :D Tomara que de tudo certo josy,parece ser uma familia otima..com certeza vai ser um ano inesquecivel pra todas nos...bjooooo

    ResponderExcluir
  2. Awee ! parabéns! nossa super rapido heim??

    ja me decidi, vou pela CC emsmo, me parece de longe a melhor escolha!

    beijoss

    ResponderExcluir
  3. Aeeeeeeeeeeeeeeeee Josy..parebens pelo Match!!!Fico super feliz por vc :) Obrigada pela visita no blog ;)

    Fui pra Washington DC..É LINDA..Vc vai amar!!hehehe

    Parabens Mais uma vez!!!!

    Bjosssssss

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Josyyyy
    Nosso destino tah traçado... seremos amigas hahahaha
    Sabe pq?
    Nosso Visto será no mesmo dia.
    Nosso embarque tb.
    Faremos o treinamento juntas pq somos da mesma agência.
    E... Vamos morar no mesmo estado!
    hahahahah Tou te acompanhnado!!
    bjuxxxxxxxxx e Sucessooo

    ResponderExcluir
  6. Primeiro, Parabéns pelo match. Segundo, obrigada por me acompanhar (hehehe). Terceiro, A-mei seu post! Me identifiquei com Váriasssssss coisas:
    A primeira vez que ouvi falar do programa tbm foi na faculdade, nem tenho habilitação ainda, tô "correndo" atrás do prejuízo nas aulas de Inglês, etc.... Mas, eu sei que se eu me esforçar, daqui um ano e pouquinho, estarei comemorando um match tbm.
    Você é um exemplo para mim, Josy! vou ficar te seguindo por aqui....
    SU-CES-SOOOOOOOOOOOO
    Bjo

    ResponderExcluir

Eu juro que faco vudu pra quem me chamar de FLOR. Fikdik.